Istambul (Turquia): “A voz das vossas ruas”

Özgür_Ortak_Alan_1903

Comunicado divulgado no dia 22 março de 2014, durante a tentativa de abrir uma nova okupa no bairro de Be?ikta?, em Istambul:

Em 1903 nasci de pedra e madeira. Sou um produto da mente e do esforço humanos.
Já passei por muitas coisas.
Esforços de operários, os seus filhos na lufa e as risadas de crianças, as leituras dxs professorxs… Depois da vossa deserção, as minhas paredes ficaram húmidas e os meus telhados a gotejar…
Períodos houve em vocês me abandonaram e romperam os laços que alguma vez tínham formado comigo. Com o tempo, também quebraram os ligações entre todxs nós. A cada dia que passa, uma nova barreira surge entre nós. Têm-nos rodeado de cercas. [Read More]

Sevilha (Espanha): Liberado um novo espaço, CSOA Endanza, propriedade do Sareb

espanha_sevilha_liberado_novo_espaco_CSOA_Endanza

No sábado, 22 de fevereiro, foi divulgada a ocupação de um edifício abandonado na altura do número 40 da Rua San Luis, no centro histórico de Sevilha, por “um grupo de ativistas sociais da cidade”. Nasce assim o CSOA [Centro Social Ocupado Autogestionado] Endanza, em alusão ao coletivo cultural que deu vida ao espaço até que tiveram que abandoná-lo em 2007. Desde então permanecia vazio.

A data e lugar escolhidos para o anúncio estavam tingidos de simbolismo. Ontem celebrava-se o décimo aniversário do Huerto del Rey Moro, um dos escassos espaços recuperados em Sevilha que ainda sobrevivem. E neste pulmão verde do centro histórico, apenas passadas as quatro da tarde, convidou-se as pessoas assistentes a realizar um breve itinerário para encontrar-se com o novo CSOA. [Read More]

Bélgica: Teatro “À La Place”, um espaço ocupado, autogestionário, livre e gratuito

[No último dia 5 de setembro, um grupo de atores ocupou as antigas instalações do teatro “À La Place”, em Liège, com “mala e cuia”. E desde então o teatro se transformou num espaço autônomo de criação e reunião. Diversos eventos são realizados ali: espetáculos teatrais, performances, oficinas, exposições, shows, uma rádio livre, comedor… Este espaço cultural no coração da cidade, não tinha vida desde junho de 2013 e, segundo as autoridades, deveria permanecer fechado até a sua destruição, prevista para a Primavera de 2014. A seguir, reproduzimos o manifesto do teatro ocupado “À La Place”, um espaço autogestionário, livre, gratuito, aberto a todos e todas. O teatro está aberto de quarta a domingo, das 13h a meia-noite.] [Read More]

Amsterdam (Holanda): Plantage Middenlaan 64 okupada

No domingo, 8 de setembro, Plantage Middenlaan 64, conectada à Plantage Badlaan 9, foi okupada.

Comunicado:PlantageAmsterdam

Esta construção, classificada como construção de segunda ordem (?), foi construída em 1892 e no começo abrigou a Associação para Cegos Carentes. Em 1961 a associação deixou o edifício e ele se tornou o departamento de entomologia da Universidade de Amsterdam até 2011. De acordo com o cadastro, este lugar foi comprado pelo Reino do Marrocos em 2011. O projeto era fazer um Centro Cultural Marroquino, mas nada aconteceu por causa da ausência de subsídios. Tem havido alguma atenção enganadora pelos meios de comunicação em relação ao projeto, e algumas declarações feitas à imprensa por pessoas que não estão ligadas ou participando do grupo que executa o projeto.

Nós escrevemos este comunicado, a fim de especificar algumas questões importantes.
[Read More]

Londres (Inglaterra): Nova Okupaçao Surge na Rua Mare 195

Apenas a alguns dias aqui no 195, e é claro que estamos atraindo a atenção de pessoas que passavam pela rua e nos veem no jardim da frente dando duro ou lendo nossas pixaçao que se destaca na entrada principal..É impossível não perceber nossa movimentação perante um edificil tão grande e bonito. Tem sido extremamente refrescante falar com todas as pessoas de diferentes jornadas, compartilhando ideias, sensaçãos maravilhosas e emocionantes,mostrando às pessoas o espaço.É incrível o ue temos agora para o uso. Estamos começando a visualizar o que este lugar vai evoluir. [Read More]

Ocupar com k. Os squatters invadem espaços abandonados para contestar o capitalismo e a cultura de massa

casa okupada em Curitiba

O termo “gentrificação” é usado para explicar um importante mecanismo de manutenção de espaços ociosos, sobretudo nas regiões centrais das grandes cidades. São transformações que tem como fim recuperar o valor de áreas específicas, almejando enobrecê-las. Em resposta a esse jogo de interesses, o movimento squatter desafia as políticas excludentes ligadas à especulação imobiliária. Seu método são as ocupações.

A prática não é recente. O movimentonasceu na Europa dos anos 1960, propondo, como alternativa à falta de moradia, a ocupação de casas, apartamentos e prédios desocupados ou abandonados em razão da especulação. A partir da década de 1980, essa modalidade de luta urbana estreitou vínculos com a cultura punk e o anarquismo. Essa aliança político-cultural fez germinar diversos centros de atividades sociais. [Read More]

Belo Horizonte (MG-Brasil) – A cidade não tem dono!

Ocupa Confere?ncia Cidades

Após protesto de movimento de moradia impedido de participar do evento e de repressão da Guarda Municipal, 5ª Conferência das Cidades em Belo Horizonte foi adiada.

Estava prevista para hoje (18) a realização da 5ª Conferência das Cidades em Belo Horizonte, como parte do processo para a realização da conferência estadual, prevista para setembro, e a nacional, que ocorrerá em novembro. Apesar de um dos objetivos oficiais da conferência ser o de “propiciar a participação popular de diversos segmentos da sociedade”, movimentos urbanos denunciam que a conferência foi organizada de forma a limitar a participação e mesmo de excluir determinados segmentos.

[Read More]

Amsterdam (Holanda): Refugiados e Ativistas okupam Igreja

Um grupo de jornalistas, ativistas, instituições de caridade, e okupas se reuniram na semana passada para criar uma solução temporária para os refugiados que foram expulsos do Notweg. O objetivo é manter a sua situação na agenda política.
No entretanto, uma vila inteira está sendo atendida em uma igreja vazia ocupada em Amsterdam West (Erik de Roodestraat 14-16). Recebendo cerca de 83 ativistas da comunidade “sem papel” migrante. Pessoas que não têm oportunidade de ficar no nosso país e não tem oportunidade de voltar. [Read More]

Londres (Inglaterra): Nova okupa em Chelsea

Cross_Keys_squat_London17 pessoas okuparam e mudaram-se para um dos mais antigos pubs em Chelsea o Cross Keys esaço este que ja trouxe musicos capilatistas como Bob Marley e os Rolling Stones. Os okupas pretendem fazer do local que foi um dia comercial e capitalista num espaço aberto com varios eventos culturais e biblioteca.

[Publicado em Okupa y Resiste]

Campina Grande (P.B, Brasil): Espaço okupado Cine São Jose. Oficinas

Nos okupa y resiste viemos lembra-los que esta iniciativa de okupar o espaço Cine São Jose acontese de forma esperiodica ou seja, não é um espaço akupado permanente,mas a iniciativa destes compas é sempre valida e difere em muito das iniciativas de outras okupas no Brasil que okupam o espaço para dele fazer um espaço alto gerido permanente. [Publicado em Okupa y Resiste]