Porto Alegre (RS-Brasil): Heavy Hour 59 – Autonomia, Autogestão e Autogoverno contra o capital e o Estado!

HEAVY HOUR 56 – 30.09.19

Para a estreia em Alvorada, nosso time recebe, no Estúdio Monstro, Cássio Brancaleone, sociólogo, professor e membro do Sindicato dos Docentes da UFFS, que compartilha conosco sua experiência entre os Zapatistas de Chiapas, no sudeste mexicano. Também conosco está o indigenista que trabalhou 8 anos na FUNAI, cientista social e mestre em psicologia social, João Mauricio Farías, que se autodeclara “pacifista”, mas que não deixa de ressaltar que o direito à vida dos oprimidos passa pela autodefesa (inclusive com “violência”) frente ao terrorismo colonial-capitalista-estatal! [Read More]

Porto Alegre (RS-Brasil): Utopia e Luta. Reforma da Horta em nosso terraço, precisamos de sua ajuda

Localizada no centro de Porto Alegre, a Comunidade Autônoma Utopia e Luta é uma exceção à regra das ocupações urbanas brasileiras. Iniciada em 2005 com uma ocupação durante o Fórum Social Mundial, a comunidade hoje é a única cooperativa que obteve regularização fundiária pelo Programa Crédito Solidário do governo federal. O prédio, situado nas escadarias do Viaduto Otávio Rocha na avenida Borges de Medeiros, foi contemplado com o programa viabilizado pela Caixa Econômica Federal e pelo Ministério das Cidades. Propriedade do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), o edifício estava em processo de deterioração e desocupado havia 17 anos. O projeto do Utopia e Luta é único do tipo entre os contemplados pelo programa Crédito Solidário desde 2007. [Read More]

Porto Alegre (RS-Brasil): Heavy Hour 56 – Quando os ricos invadem as áreas dos pobres…

HEAVY HOUR 56 – 09.09.19

Os bacanas estão de olho na Bonja! E não é para auxiliar a comunidade, é para desalojar as pessoas de lá! Porto Alegre, como qualquer grande cidade, “sofre” com a especulação imobiliária. Sofre, assim, entre aspas, porque sua administração joga contra a população. Conversamos, portanto, com duas representantes da resistência na Bom Jesus, Cris Medeiros, moradora do local e conselheira tutelar, e com a advogada Rosa, também moradora, sobre as invasões – sim! – de corporações privadas que querem retirar mais de 80 famílias de um local onde moram há mais de 30 anos para seguir seu empreendimento imobiliário – vulgo condomínio de bacana. [Read More]

Barcelona: Desalojo iminente da okupa Ka La Kastanya

KA LA KASTANYA RESISTE

Já chegou o momento, temos data aberta do desalojo.

A polícia e a imobiliária Elix querem tirar-nos de Ka La Kastanya. Depois de quase um ano de vida, o espaço voltará a estar vazio e a ser objeto de especulação.

Em Barcelona, o acesso à moradia está ficando cada vez mais difícil. Lutamos contra a mercantilização dos lares e a escravidão que isto supõe. Um teto é nossa necessidade básica e não deveria ter preço.

Chegou o momento de resistir diante das forças do Estado e do capitalismo das macro-imobiliárias como Elix. Da mesma maneira que quando dizíamos que Ca La Trava nunca será apartamento de luxo, pedimos o apoio de toda aquela pessoa que se sinta interpelada, conscientizada e preocupada pela repercussão que tem a especulação em nossas vidas. Para evitar que desalojem Ka La Kastanya, necessitamos o calor das companheiras, que se solidarizem com nossa raiva e a façam mais sua que nunca. [Read More]

Grécia: Ações e apoios em todos os continentes. “Não toque em Exarchia!”

As mensagens nos chegam do Brasil, França, Austrália, Espanha, Argélia, Canadá, Alemanha, Japão, Bélgica, Uruguai, Eritreia, Escócia, Hong Kong, México, Itália, Argentina, Portugal, Tunísia, Suíça, Chile, Países Baixos, Estados Unidos…
A tal ponto, que será melhor contar os países dos quais não se tenha recebido nada: Mônaco, Vaticano, Luxemburgo, Ilhas Cayman, Liechtenstein… [risos]
Não posso publicar tudo aqui e agora, entre outras correrias e emergências, mas no momento aqui vai um pouquinho sobre as últimas notícias.

Várias embaixadas e consulados da Grécia ou fundações privadas gregas que apoiam o novo primeiro ministro foram alvo de ações: vidros quebrados e pixações desde Nantes no consulado e em Montevidéu; concentrações diante de muitos consulados e embaixadas, especialmente em Bordeaux e Lion. Apoio do St. Pauli, o famoso time de futebol antifascista de Hamburgo. Mobilizações e sentadas em muitas cidades, como em Glasgow, na Escócia. Mensagens com hashtags de Melbourne, na Austrália, ou com cartazes em Colonia, na Alemanha. Aviso da CNT francesa que identifica a lista de embaixada e consulados honorários em todas as regiões da França para organizar concentrações de apoio. Criações artísticas de todo tipo em apoio a Exarchia. Ações performáticas na Bretanha, no bosque ocupado de Osterholz em Wuppertal, na Alemanha. No alto de um edifício de Madrid, na Espanha, em Viena, na Áustria, em Saillans na Drôme, em Martigues perto de Marselha, na Reole em Gironda. Ataques contra vários edifícios e veículos relacionados com o poder na Grécia, especialmente o escritório de um deputado do partido Nova Democracia em Patras. Hashtags contra a operação “Lei e Ordem” um pouco em todas as partes. Textos de apoio na imprensa independente, por exemplo em Politis. Etc. Etc. Etc. [Read More]

Grécia: o Estado e os fascistas de mãos dadas contra anarquistas e imigrantes

Enquanto o ataque ao bairro rebelde e solidário de Atenas acaba de começar na segunda-feira (26/08), as máscaras caem!

Sim, você leu corretamente: entre outros, são policiais [foto] usando distintivos fascistas que iniciaram a “limpeza de Exarchia”. Não escondiam sua pertença e não deixavam de ser zelosos.

Enquanto o [partido] Aurora Dourada está desaparecendo, derrotado nas ruas por grupos antifascistas, suas instalações fecham uma após outra, sua sede principal estará à venda em breve, seu bairro favorito foi abandonado e as demissões de seus líderes chovendo desde a perda de todos os seus assentos no parlamento, algo ainda permite que os neonazis se alegrem: o ataque do Estado grego contra o bairro libertário e antifascista, onde muitos imigrantes vivem livremente.

Esta é uma verdadeira vingança para os neonazis gregos, alguns dos quais trabalham na força policial e às vezes se reconhecem através de sinais que se referem diretamente à mitologia do Aurora Dourada. É um momento excepcional para participarem do ataque ao bastião antiautoritário de Atenas. [Read More]

Fraguas (Castilla la Mancha): Agressão fascista

Domingo passado, 18 de agosto de 2019, nas primeiras horas da manhã, umxs companheirxs afins a Fraguas¹, que estavam dormindo em um monte próximo, sofreram uma agressão física e intimidadora por parte de cinco homens que disseram que vivem na região de Arbarcón, perto de Fraguas.

Esses homens se esconderam na floresta e correram em direção axs oito companheirxs, armados com barras de metal e paus. Espancaram quatro delxs, ameaçaram umx com uma faca de cozinha e obrigaram-x a deitar no chão. Xs companheirxs conseguiram acalmá-lxs e conversar com elxs para que saíssem. Dois dos agressores ameaçaram retornar a Fraguas com mais pessoas para atacar o povoado. As pessoas agredidas ouviram falar que entre eles havia um militar e um deles se autodenominou nazi.

Fomos informados que na noite anterior, durante as festas de Cogolludo², situações semelhantes ocorreram nas quais diferentes pessoas foram agredidas. [Read More]

Grécia: Repressão, polícia grega desaloja quatro espaços ocupados por migrantes em Exarchia

Mais de 100 pessoas, em sua maioria migrantes, foram detidas no início da manhã desta segunda-feira (26/08) em espaços ocupados, como parte de uma grande operação policial no bairro de Exarchia, em Atenas.
Várias dezenas de agentes despejaram pelo menos quatro casas ocupadas de refugiados e migrantes neste bairro anarquista da capital grega.
O novo governo direitista de Kyriakos Mitsotakis prometeu “colocar em ordem” Exarchia, enviando à polícia ao bairro.
Este bairro no coração de Atenas é palco de inúmeros projetos anarquistas e de frequente confrontos entre grupos anarquistas e agentes da lei, particularmente após a morte do jovem anarquista Alexis Grigoropoulos nas mãos de um policial em 2008, o que levou a vários dias de tumultos.
No final de julho passado, o oficial condenado pela morte de Alexis foi libertado após uma redução de pena.
O novo prefeito de Atenas, Costas Bakoyannis, que tomou posse neste domingo (25/08), também prometeu fazer da segurança seu principal objetivo, acusando o governo anterior de “tolerância” contra o vandalismo de certos grupos anarquistas.
A solidariedade é nossa arma. Não passarão! [Read More]

Grécia: Novos e velhos senhores

Parte 1: O ataque repressivo.

Quatro anos e meio depois que o Syriza herdou a revolta nacional contra a ditadura de austeridade do FMI e uma agonia se estabeleceu no país, a direita, sob a liderança do partido Nova Democracia, mais uma vez mantém as alavancas do poder político em suas mãos. No programa governamental imediato dos “seis pilares”, a “restauração da ordem pública” desempenha um papel central. Há dias, unidades policiais fortemente armadas patrulham o centro de Atenas.

Até o final do ano, 1500 novos empregos para policiais extras serão criados, o que beneficiará principalmente as unidades de contrainsurgência. As unidades DELTA, notórias por sua brutalidade, também estão sendo remontadas. Seu desmantelamento foi uma das poucas promessas eleitorais mantidas pelo Syriza. Recursos adicionais para a logística da polícia serão disponibilizados em uma base para este propósito e uma modernização abrangente da frota de veículos está na agenda para o próximo ano. [Read More]

Belo Horizonte (Brasil): Virada da resistência no Quilombo da Vila Teixeira!

Neste domingo, o quilombo da Vila Teixeira convida todos os seus apoiadores para a Virada da Resistência. Será um evento para divulgarmos as injustiças que estamos sofrendo com a ordem de despejo, agendada para o dia 25 de julho, e para nos fortalecermos com o espírito de luta e de resistência de nossos ancestrais!

[Read More]