São Paulo: Reintegração de posse da Ocupação São João está suspensa

São_Paulo_Ocupação_São_João

Estava marcada para o dia 11 de setembro, terça-feira, a reintegração de posse da Ocupação São João.  Desde que a data foi divulgada, diversos grupos e movimentos se mobilizaram em apoio. Foram recolhidas milhares de assinaturas para o abaixo assinado, e, no último domingo (09), foi realizada uma manifestação de solidariedade em frente à ocupação. O Sarau da  Ocupa desta quarta-feira (05) também esteve lotado e repleto de mensagens de apoio. [Read More]

São Paulo (Brasil): Ocupação São João pode ter realizado seu último sarau

sarau_da_ocupa_2_Raquel_Marques

O Sarau da Ocupa, realizado às quartas-feiras quinzenais na ocupação do prédio situado na avenida São João, 588, no centro de São Paulo, pode ter feito a sua última apresentação no local. Isso porque uma ordem de reintegração de posse do imóvel, abandonado há 20 anos, foi anunciada na quinta-feira (23) pelo juiz Olavo de Oliveira Neto, da 39º Vara Cível da Capital.

As 85 famílias, incluindo 67 crianças, podem ficar na rua na próxima terça-feira, 11 de setembro. No dia 3 de outubro a ocupação completaria dois anos, e o sarau um. [Read More]

São Paulo: Ameaça de desalojo da Ocupação São João!

ocupação_são_joão

Enquanto morar for privilégio de poucos, ocupar é um direito de muitos!

Salve, salve todo mundo que um dia chegou na Ocupação São João, e nestes quase dois anos de existência e resistência contribuiu com o calor da presença e participou de alguma das atividades, declamou no sarau, fez doações de alimentos, roupas ou livros, assistiu filmes, coloriu paredes, imprimiu personagens que ganharam vida no espaço, registrou a graça da vida em intenso movimento, realizou oficinas de artes, música, teatro e cuidado com a saúde, documentou em videos muitos momentos únicos, fez trabalhos universitários e reportagens, se emocionou com os depoimentos da gente simples e cheia de coragem que mora lá, arrancou um sorriso, riu junto e também chorou com as crianças que dão uma alegria especial para o lugar, ajudou a limpar o espaço para se reconhecer nele todo dia, a organizar as festas, enfeitar o lugar como se cuidasse de sí, que fez coro e tomou para si o lema “quem não luta, tá mort@!” caminhou com as pessoas sem teto pelas ruas do centro da cidade exigindo o cumprimento do direito fundamental a moradia digna… esta mensagem é pra você! [Read More]