Cádiz (Espanha): Comunicado de reokupação do CSOA La Higuera

okupa

Passados um mês desde o fechamento da propriedade situada na Rua Manuel Rancés nº 18 do centro histórico de Cádiz, no último 15 de outubro de 2013, a atual proprietária, Caixa Catalunha, se dirigiu à propriedade material do imóvel, devendo desalojar do edifício as pessoas que durante 17 meses o haviam cuidado, dando-lhe vida e utilidade, após anos de abandono.

Uma vez mais, a indiferença e a negligência das entidades privadas e públicas, deixam um edifício abandonado a sua sorte. Um palacete com importantes elementos arquitetônicos, catalogados como patrimônio histórico e que supostamente deveria estar protegido.

Ante esta situação que previsivelmente se mantenha no tempo, tendo em conta a conjuntura econômica e que o objetivo do banco é vender o edifício, a assembleia do CSOA “La Higuera”, decide com todas as consequências, reokupar o espaço e reabri-lo para o uso e desfrute de todos.

Uma cidade onde a agenda de atividades culturais, sociais e de lazer brilha por sua escassez, achamos necessário reabrir este espaço para dotar Cádiz de um Centro Social onde pessoas e coletivos possam desenvolver atividades e projetos, sem que estes tenham que depender de entidades públicas ou privadas.

O CSOA “La Higuera”, é um espaço aberto, gestionado pelas pessoas e coletivos que compõem a assembleia. Em nenhum caso é propriedade de um coletivo, nem de um grupo de pessoas específico.

“La Higuera” somos todas as pessoas que lhes damos vida e enchemos o espaço de atividades.

Não cremos na verticalidade por isso todas as decisões foram tomadas buscando o consenso, e sempre tendo em conta que as decisões referentes ao espaço são coletivas e não individuais. Todos podem participar no espaço, sempre e quando se respeitem os valores básicos de convivência. Não se permitirão atitudes sexistas, racistas ou autoritárias.

Apostamos na autogestão, não dependeremos de subvenções ou ajudas de administrações públicas, nem tampouco de entidades privadas. Para isso, desenvolveremos atividades e eventos que ajudem a financiar o espaço. O CSOA “La Higuera” funcionará graças ao trabalho e à implicação de todas as pessoas e coletivos que façam uso do espaço, portanto a responsabilidade e o companheirismo estarão na ordem do dia.

Tal e qual foi feito durante os 17 meses de duração da primeira okupação, se respeitará os vizinhos do bairro, seu descanso e sua rotina, assim como ao pequeno comércio da região, fomentando seu uso. Assim mesmo, os convidamos para que façam seu o Centro Social e participem ativamente de seu funcionamento.

Uma vez mais a cidade de Cádiz conta com um Centro Social Okupado e Autogestionado. Aberto a coletivos e pessoas que coloquem seu grão de areia para construir um espaço alternativo, de luta, reflexão e companheirismo.

Pela liberação de espaços!

Pela autogestão e auto-organização!

O CSOA “La Higuera” não se para!

agência de notícias anarquistas-ana: http://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2013/12/13/espanha-cadiz-comunicado-de-reokupacao-do-csoa-la-higuera/