Espanha: Comunicado do CSO Kike Mur

Desde o CSO Kike Mur [Centro Social Okupado] queremos mostrar nossa maneira de ver os fatos que ocorreram durante esta semana após a prisão do companheiro antifascista.

O Kile Mur é um espaço autogerido de maneira assembleária e horizontal, aberto a qualquer pessoa, com base no respeito. Ele serve como ponto de encontro para diversos movimentos sociais. É por isso que a implicação popular foi tão forte.

Em primeiro lugar, queremos agradecer a todos os vizinhos do bairro de Torrero por sua resposta à ameaça fascista que ocorreu no sábado na Praça da Memoria Histórica. Seu apoio e rejeição ao fascismo é uma demonstração de que o CSO é um lugar que é aceito e amado pela vizinhança do bairro. Agradecemos também a todas as pessoas que vieram de diferentes cidades para nos apoiar, e todos aqueles que, embora não pudessem vir, mostraram sua solidariedade à distância.

Mostramos a nossa rejeição ao tratamento recebido desde os meios de comunicação. Neste caso e em outros casos semelhantes, a presunção de inocência é ignorada, a informação é publicada sem contrastar os dados, sem relatório policial e sem informes, evitando qualquer tipo de rigor e ética jornalística. Não é apenas uma pessoa julgada e sentenciada, mas todo um movimento social como o antifascismo e o movimento okupa, dando uma visão totalmente distorcida da realidade.

A intimidade do nosso parceiro foi violada desde o início, colocando em risco todos os seus círculos sociais: sua família, seus amigos, os vizinhos do bairro de Torrero, suas companheiras de trabalho e, em suma, todas as pessoas que compartilham ou compartilharam sua vida.

Acreditamos que, nessa situação, como em muitos outros casos, fatos concretos têm sido utilizados como ferramenta para os interesses políticos. Desde diferentes partidos, o CSO Kike Mur está sendo criminalizado e usado como uma estratégia de descrédito, e de pressão sobre a atual equipe de gestão do conselho da cidade, da qual estamos totalmente desvinculados.

Não queremos justificar esse trágico resultado, mas nós apoiamos a autodefesa como uma resposta a qualquer agressão. Nestes tempos de ascensão do fascismo e do individualismo, agradecemos a solidariedade antifascista gerada na sociedade.

A luta continua, e contra o fascismo nem um passo atrás.

Centro Social Okupado Kike Mur
Plaza de la Memoria Histórica, Zaragoza
https://okupa.noblezabaturra.org/

Fonte: Agência de Notícias Anarquistas https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2017/12/26/espanha-19-de-dezembro-comunicado-do-cso-kike-mur/