Tessalónica (Grécia): Declaração do coletivo Libertatia após o ataque fascista

Domingo, 21 de Janeiro, às 13h30, pouco antes das manifestações nacionalistas da Macedónia, os grupos fascistas que participaram lançaram uma série de ataques em espaços ocupados. Eles atacaram primeiro a escola livre “Social” e depois de terem sido repelidos com sucesso aproximaram-se da nossa ocupação, causando danos à fachada e à cerca. Os danos foram reparados pelos membros da nossa okupa que optaram por participa na manifestação anti-nacionalista em Kamara, mais tarde.

Cerca de duas horas depois, um grupo de 60-70 fascistas atacou novamente a nossa ocupação com molotovs e bombas de fumo, causando um incêndio no edifício. Naquele momento, não havia ninguém lá dentro, pois estavam na concentração de Kamara. Durante o ataque estave presente a polícia MAT que não interveio e ofereceu proteção aos fascistas, enquanto um caminhão estava estacionado não muito longe da polícia. O bairro reagiu veemente, gritando contra os fascistas, que reagiram por sua vez com insultos e lançamentos de fumo. Quando os fascistas tentaram retornar à Escola “Social”, a polícia manteve a mesma atitude: ofereceram cobertura aos fascistas ee isolaram os companheiros lá dentro. [Read More]

[Grécia] Tessalônica: Novo desalojo da okupa Orfanotrofío pela polícia

okupa grecia

Nesta segunda-feira, 2 de setembro de 2013, a polícia invadiu o edifício da okupa Orfanotrofío (Orfanato), em um bairro de Tessalônica. Em julho de 2012, as forças repressivas do Estado tinham feito outra operação de despejo na mesma ocupação, na época do despejo da okupa anarquista Nadir. Este desalojo vem se juntar a uma nova onda de ataques contra as ocupações e centros sociais ocupados, realizada pelo Regime nas últimas semanas.

O edifício de Orfanotrofío está ocupado desde outubro de 2006. O primeiro proprietário legal do edifício da okupa foi o Ministério da Saúde. No ano passado, o Ministério transferiu o prédio para a Igreja da Grécia. [Read More]

Grécia: Crónica dos ataques estatais e para-estatais a Ocupas e espaços autogestionados – 2012 e princípios de 2013

25 de Março de 2012: Detenções massivas de compas e invasão policial do Ateneu Autónomo Baruti, na cidade de Veria (norte da Grécia)

20 de Abril de 2012: Assalto policial ao CSO VOX e à casa Ocupa Valtetsiou 60, ambos situados no bairro de Exarchia, Atenas

29 de Abril de 2012: Desalojo da casa Ocupa Panteios, em Atenas

[Read More]

Grécia: Operação repressiva em larga escala em Tessalónica

A 2 de julho de 2012 uma mega operação policial foi lançada na cidade de Tessalónica, com incursões em duas Okupas, buscas, prisão preventiva massivas (inclusive feito em casas como também em várias ruas, os presos foram libertados um mais tarde) e detenções. Como consequência, é possível que 25 dessas pessoas venham a ser acusadas a de crimes.
Mais especificamente, a polícia invadiu o lugar anarquista Nadir às 6:30 da manhã e prenderam as pessoas que estavam lá. As forças policiais também invadiram a Okupa Orfanotrofio e detiveram todas as pessoas que lá se encontravam. [Read More]