Grécia: Anarquistas invadem canal de televisão ao vivo

Nessa última quarta-feira (16 de janeiro de 2013), um grupo de militantes anarquistas invadiu ao vivo um canal de televisão na cidade de Kavala (ao norte da Grécia), para ler um manifesto contra as recentes deocupações dos Centros Sociais Populares, denunciando a repressão policial e fascista, além da manipulação dos meios de comunicação.
[Read More]

Acções em solidariedade com as Ocupas na sequência das expulsões registadas na Grécia

Goa, Índia: Uma faixa em solidariedade com Villa Amalias1 [Read More]

Grécia: Anarquistas gregos são fichados e proibidos de deixar o país

Villa_Amalias_reocupacao

A ocupação Villa Amalias, que existia há 23 anos, foi tomada pela polícia durante a semana; governo grego prevê outras 40 desocupações

Os 93 anarquistas gregos presos após a desocupação do centro Villa Amalias, em Atenas, foram liberados neste sábado (12/1) pela polícia, mas fichados e proibidos de deixar o país até que sejam julgados por abuso, alteração de ordem pública e resistência à autoridade. Os supostos delitos foram classificados como “delinquência grave” pela Justiça grega, de acordo com a mesma lei que proíbe manifestantes de cobrirem o rosto.

A ocupação Villa Amalias existia há 23 anos no centro de Atenas. O prédio, do século XIX, fica entre as estações Omonia e Agios Panteleimona do metrô, e era utilizado pelos anarquistas como base para ações contra grupos neonazistas ligados ao partido Aurora Dourada, que operam na região. Os membros da ocupação faziam sopões e ofertavam cursos gratuitos de teatro, dança e idiomas, especialmente para imigrantes. [Read More]

Atenas (Grécia): Mais de 10.000 manifestantes em defesa das Ocupas

2013-01-12_Athenes_manif_pro_squats

Uma das maiores manifestações do espaço anarquista/anti-autoritário teve lugar hoje, 12 de Janeiro, no centro de Atenas.

As pessoas começaram a reunir-se na Propileos a partir do meio dia tendo-se iniciado a marcha pouco antes das 14.00, em direcção aos tribunais de Evelpidon, onde se apresentavam  perante as autoridades judiciais os/as 92 compas detidos/as após a reocupação de Villa Amalias.

Respondendo à convocatória, estima-se que mais de 10.000 pessoas participaram nesta marcha, na sua maioria do espectro anarquista/anti-autoritário mas também de organizações de esquerda. [Read More]

Atenas (Grécia): Actualização sobre os/as compas detidos/as a 9 de Janeiro de 2013

banner-for-villa-at-ska

O saldo repressivo após as operações policiais que se levaram a cabo em Atenas a 9 de Janeiro, tanto contra os/as compas que reocuparam Villa Amalias, como contra os/as compas que ocuparam simbolicamente os escritórios  do partido de Esquerda Democrática e os/as compas detidos/as após a incursão na Ocupa Skaramaga, é o siguinte:

-93 pessoas enfrentam acusações por delitos graves, resultado da sua detenção no pátio da reocupada Villa Amalias. 92 deles continuam em custódia cautelar nas celas da sede da polícia na avenida Alexandras, a outra pessoa é menor e foi liberada ontem (10/01). [Read More]

Atenas (Grécia): Re-ocupação Villa Amalias, re-despejo e 101 pessoas detidas

2013-01-09_Villa_Amalias_Athens

Logo no início da manhã dezenas de pessoas re-ocuparam Villa Amalias em Atenas, Grécia.
A policia anti-motim grega ao chegar ao local atirou para dentro do edificio dezenas de granadas de gás lacrimogéneo. Aproximadamente 9h20 da manha, esquadrões anti-motim (MAT, YMET), juntamente com a unidade antiterrorista EKAM foram enviados para a área, quebraram janelas do prédio e invadiram-lo novamente, prendendo 101 pessoas que estavam dentro. [Read More]

Atenas (Grécia): Despejo da okupa Villa Amalias

Villa_Amalias_Athens

Durante vários anos, estamos vivenciando uma ofensiva sem precedentes do Estado e capital contra a sociedade. Enquanto o regime leva a miséria para milhões de pessoas, leva a cabo uma operação contra toda a resistência social que se opõem ao totalitarismo que pretende impor. Partindo das ocupações em um primeiro momento, centros sociais e espaços ocupados e projetos auto-geridos foram colocados no centro desta operação.

Depois de várias tentativas de reprimir okupas em várias cidades (Delta, Nadir e Orfanotrofío em Tesalónica, Apertus em Agrinio, Draka e Elea em Corfú, Vox em Atenas, o local auto-gestionado da Universidade de Réthimno em Creta, Afroditis 8 em Berea, a okupação do velho mercado municipal no bairro ateniense Kipseli, e.tc.), desta vez o Estado atacou o squat “Villa Amalias”, no centro de Atenas, no bairro que é a base de operações para terroristas Neo-nazistas fascistas, com o apoio e respaldo do aparato estatal e paraestatal. Este squat tem 22 anos de funcionamento. [Read More]