Belo Horizonte (MG–Brasil): 2ª Feira do Livro Anarquista no Espaço Comum Luiz Estrela

Coletivo Mineiro Popular Anarquista, Kasa Invisível e Livraria Anarquista Avelino Foscolo convidam para a 2° Feira do Livro Anarquista de Belo Horizonte. O evento acontecerá nos dias 8 e 9 de junho de 2018 no Espaço Comum Luiz Estrela, espaço ocupado e autogestionado desde 2013. Contaremos com editoras e coletivos lançando suas publicações, debates oficinas e filmes. Segue a programação completa:

[Read More]

Belo Horizonte (MG-Brasil): A Polícia Militar faz operação para intimidar a Ocupação Carolina

A Ocupação Carolina Maria de Jesus habitada por cerca de 200 famílias no centro de Belo Horizonte está sofrendo ameaças da Polícia Militar. Uma ampla reunião com a rede de apoio foi realizada nesta quarta-feira e uma vigília está sendo realizada diariamente no local. Segue a nota publicada sobre a ameaça na página da Ocupação:


Há alguns dias a Polícia Militar vem sobrevoando o edifício da Ocupação Carolina Maria de Jesus realizando vôos rasantes nas janelas dos moradores.

[Read More]

Belo Horizonte (MG – Brasil): 300 famílias ocupam um terreno no Barreiro

Neste fim de semana, no dia 24 de março, um terreno foi ocupado por cerca de 300 famílias na região do Barreiro. A nova ocupação foi batizada Comunidade Professor Fábio Alves, em homenagem ao Professor cearense, apoiador historico da luta dos sem-teto e das ocupações urbanas em Belo Horizonte. Segue o comunicado publicado após a ocupação:

Comunidade Professor Fábio Alves – presente

300 famílias da região do Barreiro depois de uma longa caminhada construíram uma nova Comunidade Professor Fábio Alves, através da ocupação.

[Read More]

Belo Horizonte (MG – Brasil): Nova ocupação nasce no centro da cidade

 
No último dia 13 de janeiro, um prédio situado na rua Espirito Santo,
no centro de Belo Horizonte, foi ocupado por famílias. Segue
o comunicado da nova ocupação:

O ano de 2018 se inicia com ventos que sopram desde os de baixo, fazendo tremer a estrutura de poder das elites que golpeiam o povo brasileiro. A nova ocupação de famílias sem teto nasce no centro de BH, na rua Espírito Santo 461, da organização e da coragem das mulheres, homens, crianças e idosos que desatam as correntes da opressão e se colocam em luta por uma cidade onde caibam todas e todos.

Belo Horizonte (MG – Brasil): Encontro libertário “Okupa Tudo” na Kasa Invisível

A Kasa Invisível é um espaço autônomo ocupado e autogestionado que abriu suas atividades há mais de um ano no centro de Belo Horizonte. A Kasa sofre atualmente uma ameaça iminente de despejo devido a um pedido de reintegração de posse movido pelo proprietário. É neste contexto de urgência que propomos o “OKUPA TUDO! – Encontro Libertario”.

Para estreitar relações com quem temos afinidades!
Para compartilhar questionamentos e conspirar novos planos!
Para abrir a possibilidade de novos encontros!
Para refletir sobre nossas práticas e teorias!

[Read More]

Belo Horizonte (MG-Brasil): Nova retomada de terras indígenas na região metropolitana

Nesta quinta-feira, dia 2 de novembro de 2017, mais de 20 famílias indígenas iniciaram uma retomada de terra na região metropolitana de Belo Horizonte, próximo ao município de Mario Campos. As margens do rio Paraopeba, próximo a um acampamento do Movimento Sem Terra, xs indígenas ocuparam uma reserva afim de preservá-la e garantir sua sobrevivência.

[Read More]

Belo Horizonte (MG-Brasil): Nascem duas novas ocupações na região central da cidade

Na semana passada, duas novas ocupações de moradia foram realizadas na cidade de Belo Horizonte. No dia 06 de setembro, cerca de 200 famílias ocuparam um prédio abandonado há mais de cinco anos na avenida Afonso Pena, no centro da cidade, com o apoio do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB). Na manhã do dia seguinte, 70 famílias ocuparam um prédio na rua Pedro Lessa, perto da Vila Pedreira Prado Lopes, na região central da cidade, desta vez com o apoio do Movimento de Trabalhadores por Direitos (MTD).

[Read More]

Belo Horizonte (MG-Brasil): Toda solidariedade com a Ocupação feminista Tina Martins ameaçada de despejo.

No último dia 08 de março, o movimento feminista Olga Belnário ocupou um prédio abandonado no centro de Belo Horizonte. As ocupantes exigem que o prédio seja desapropriado e transformado em Centro de referência para mulheres vitimas de violência. Desde então, o prédio se tornou local de moradia para dezenas de mulheres, recebendo diariamente reuniões, assembleias e encontros culturais e políticos além de funcionar como abrigo e centro de atendimento psícologico para cerca de 200 mulheres em situação de rua ou de violência.

[Read More]

Contagem (MG-Brasil): Encontro libertário Terra Preta na Ocupação Guarani Kaiowá

Nos dias 02, 03, 09 e 10 de abril acontecerá a segunda edição do Encontro Libertário Terra Preta na Ocupação Guarani-Kaiowá localizada no bairro Ressaca
em Contagem (MG). O Terra Preta é um festival autogestionado que conta com diversas atividades e vivências: oficinas, debates, mutirões, etc. Este ano, o Terra Preta terá oficina de vídeo, mutirão de permacultura, capoeira, saraus de poesia, campeonato de passinho e muito mais…

A programação completa está sendo atualizada diariamente, e ainda está aberta
para propostas. Confere neste link:

Programação do Terra Preta

Belo Horizonte (Brasil): Erecatú – Mostra independente de cultura e resistência indígena

Essa mostra surge da necessidade urgente de maior conhecimento, conscientização e mobilização da população em relação à opressão que os povos originários (indígenas) têm sofrido. Convidamos que se juntem a nós nessa causa pela terra, vida, justiça, demarcação e liberdade aos povos indígenas.

Geralmente as pessoas não sabem dos reais acontecimentos, vivendo uma ilusão de bem-estar, assistindo alienada a uma mídia parcial e mentirosa, enquanto inúmeros povos tradicionais sofrem ataques em seus territórios, sua dignidade e possibilidade de sobrevivência. Esses povos são invisibilizados pelo Estado e usurpados pelo interesse do grande capital, baseado em uma economia que deseja crescer sem limites, causando enormes impactos sobre diversas comunidades, que tradicionalmente viveram seus conflitos longe do conhecimento da maior parte da população, em situação de esquecimento social.

[Read More]