Belo Horizonte (Brasil): Tira a mão da nossa okupa! A Kasa Invisível resiste!

No dia 11 de Fevereiro de 2019 teremos a primeira audiência da Kasa Invisível com a família do antigo dono. No começo do mês a família entrou com um pedido de reintegração de posse que foi indeferido pelo juiz e uma audiência de conciliação foi marcada. O imóvel ficou mais de 20 anos abandonado e extremamente deteriorado, então sabemos que tipo de “negociação” está em jogo quando se tem uma família herdeira de vários outros imóveis pronta para alimentar a especulação imobiliária em uma das áreas mais nobre da cidade. Por isso frisamos: é MUITO importante a marcar presença e mostrar nossa resistência!

[Read More]

Belo Horizonte (Brasil): Ocupações fazem protesto pelo Direito à moradia e contra os crimes da Vale

Na manhã desta terça feira, dia 29 de janeiro, moradores das ocupações William Rosa, Marião e Professor Fábio Alves fecharam completamente o anel rodoviário de Belo Horizonte em protesto pelo direito à moradia e contra os crimes da mineradora Vale em Brumadinho, segue o manifesto publicado pelas ocupações: 

Moradores das Ocupações WILLIAM ROSA, MARIÃO e PROFESSOR FÁBIO ALVES fecham o anel rodoviário em protesto contra o mandado de despejo, pelo pagamento da bolsa moradia, pela construção imediata dos apartamentos e contra a Vale e a omissão dos governos!

[Read More]

Belo Horizonte (MG-Brasil): Encontro e debate em solidariedade aos 23 na Kasa Invisível

Respondendo ao chamado global de solidariedade e luta o dia 14 de Agosto será o Dia Internacional de Apoio axs 23 ativistas condenadxs no Rio de Janeiro, em defesa do direito de manifestação e por todas e todos que lutam.

Em julho desse ano 23 ativistas foram consideradxs criminosos injustamente pelo Juiz Flávia Itabaiana do TJ-RJ pela participação nos protestos de junho de 2013 e contra Copa do Mundo da FIFA em 2014. Seus crimes? Denunciar e lutar contra o Estado e o capitalismo!

Em solidariedade a Kasa Invisível promoverá a exibição do filme “Operações de Garantia da Lei e da Ordem” de Júlia Murat, onde são apresentadas a relação entra a mídia e as manifestações que ocorreram no Brasil no período entre junho de 2013 e julho de 2014. Em seguida ocorrerá um debate sobre o filme e sua nítida relação com a condenação dxs ativistas

[Read More]

Belo Horizonte (MG-Brasil): Nasce a Ocupação Anita Santos

Há cerca de dois meses, um grupo de sem-tetos e população de rua ocupou um terreno situado no bairro Carlos Prates, ao encontro das avenidas Tereza Cristina e Nossa Senhora de Fátima. Dezenas de pessoas já estão morando no local e construindo suas moradias conquistando pela luta um espaço onde morar nesta cidade, resistindo apesar das ameaças da polícia que veio tentar intimidar os ocupantes. A ocupação foi batizada “Anita Santos” em homenagem à Anita Gomes dos Santos ex-moradora de rua e lutadora em defesa da população de rua que faleceu em 26/07/2017.

[Read More]

Belo Horizonte (MG–Brasil): 2ª Feira do Livro Anarquista no Espaço Comum Luiz Estrela

Coletivo Mineiro Popular Anarquista, Kasa Invisível e Livraria Anarquista Avelino Foscolo convidam para a 2° Feira do Livro Anarquista de Belo Horizonte. O evento acontecerá nos dias 8 e 9 de junho de 2018 no Espaço Comum Luiz Estrela, espaço ocupado e autogestionado desde 2013. Contaremos com editoras e coletivos lançando suas publicações, debates oficinas e filmes. Segue a programação completa:

[Read More]

Belo Horizonte (MG-Brasil): A Polícia Militar faz operação para intimidar a Ocupação Carolina

A Ocupação Carolina Maria de Jesus habitada por cerca de 200 famílias no centro de Belo Horizonte está sofrendo ameaças da Polícia Militar. Uma ampla reunião com a rede de apoio foi realizada nesta quarta-feira e uma vigília está sendo realizada diariamente no local. Segue a nota publicada sobre a ameaça na página da Ocupação:


Há alguns dias a Polícia Militar vem sobrevoando o edifício da Ocupação Carolina Maria de Jesus realizando vôos rasantes nas janelas dos moradores.

[Read More]

Belo Horizonte (MG – Brasil): 300 famílias ocupam um terreno no Barreiro

Neste fim de semana, no dia 24 de março, um terreno foi ocupado por cerca de 300 famílias na região do Barreiro. A nova ocupação foi batizada Comunidade Professor Fábio Alves, em homenagem ao Professor cearense, apoiador historico da luta dos sem-teto e das ocupações urbanas em Belo Horizonte. Segue o comunicado publicado após a ocupação:

Comunidade Professor Fábio Alves – presente

300 famílias da região do Barreiro depois de uma longa caminhada construíram uma nova Comunidade Professor Fábio Alves, através da ocupação.

[Read More]

Belo Horizonte (MG – Brasil): Nova ocupação nasce no centro da cidade

 
No último dia 13 de janeiro, um prédio situado na rua Espirito Santo,
no centro de Belo Horizonte, foi ocupado por famílias. Segue
o comunicado da nova ocupação:

O ano de 2018 se inicia com ventos que sopram desde os de baixo, fazendo tremer a estrutura de poder das elites que golpeiam o povo brasileiro. A nova ocupação de famílias sem teto nasce no centro de BH, na rua Espírito Santo 461, da organização e da coragem das mulheres, homens, crianças e idosos que desatam as correntes da opressão e se colocam em luta por uma cidade onde caibam todas e todos.

Belo Horizonte (MG – Brasil): Encontro libertário “Okupa Tudo” na Kasa Invisível

A Kasa Invisível é um espaço autônomo ocupado e autogestionado que abriu suas atividades há mais de um ano no centro de Belo Horizonte. A Kasa sofre atualmente uma ameaça iminente de despejo devido a um pedido de reintegração de posse movido pelo proprietário. É neste contexto de urgência que propomos o “OKUPA TUDO! – Encontro Libertario”.

Para estreitar relações com quem temos afinidades!
Para compartilhar questionamentos e conspirar novos planos!
Para abrir a possibilidade de novos encontros!
Para refletir sobre nossas práticas e teorias!

[Read More]

Belo Horizonte (MG-Brasil): Nova retomada de terras indígenas na região metropolitana

Nesta quinta-feira, dia 2 de novembro de 2017, mais de 20 famílias indígenas iniciaram uma retomada de terra na região metropolitana de Belo Horizonte, próximo ao município de Mario Campos. As margens do rio Paraopeba, próximo a um acampamento do Movimento Sem Terra, xs indígenas ocuparam uma reserva afim de preservá-la e garantir sua sobrevivência.

[Read More]