Lisboa (Portugal) : Solidariedade com a Travessa despejada no Porto

A Assembleia de Ocupação de Lisboa (AOLX) envia toda a sua solidariedade e apoio para a Ocupação A Travessa, brutalmente despejada no Porto nesta segunda-feira, dia 16 de Outubro. Este despejo, como tantos outros que ocorrem nas nossas cidades, apenas nos fortalece na convicção de que, diante do modelo lucrativo de cidade que se está a impor, é necessário ocupar cada espaço vazio. A cidade é de cada um de nós – por mais que alguns a queiram vender a qualquer preço. Esperamos que esta ocupação seja mais um passo na conquista da cidade do Porto pelos seus moradores. Não se pode despejar uma ideia, nem forçar que os sonhos permaneçam muito tempo por trás das grades.

[Read More]

Fay-de-Bretagne (França): Mensagem de solidariedade após o despejo da Travessa no Porto

Ontem, a ocupação L’Ancre Noire, situada nos arredores da ZAD de Notre Dame des Landes, na França, publicou esta mensagem e colocou uma faixa em solidariedade com a ocupação A Travessa que foi despejada no Porto esta segunda-feira e com as ocupações em Portugal em geral:

Fora o turismo, okupa tudo! Solidariedade com xs okupas de Porto

Nesta manhã (16 de outubro 2017) acordamos revoltados pelo sentimento de impotência diante do despejo do espaço ocupado na semana passada no centro da cidade do Porto, A Trâvessa. Porto e seu centro histórico invadido pelo turismo de massa enquanto suas periferias continuam miseráveis, sempre será a metrópole impossível do norte do Estado – pelas suas ruas, seus aspectos selvagens, suas ilhas, seus pequenos bairros incrustados há séculos nos becos sem saída… Locais onde os turistas não se arriscam por medo dos gunas e pela ausência de ponto de informação.

[Read More]

São Paulo (Brasil): Ocupação Mauá ameaçada de despejo

Localizada há mais de 10 anos na região da Luz, centro de São Paulo, a Ocupação Mauá está na linha de frente do projeto higienista do Prefeito João Dória.

A reintegração de posse da Ocupação está marcada para o dia 22/10, todo apoio é necessário!

[Read More]

Belo Horizonte (MG-Brasil): Nascem duas novas ocupações na região central da cidade

Na semana passada, duas novas ocupações de moradia foram realizadas na cidade de Belo Horizonte. No dia 06 de setembro, cerca de 200 famílias ocuparam um prédio abandonado há mais de cinco anos na avenida Afonso Pena, no centro da cidade, com o apoio do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB). Na manhã do dia seguinte, 70 famílias ocuparam um prédio na rua Pedro Lessa, perto da Vila Pedreira Prado Lopes, na região central da cidade, desta vez com o apoio do Movimento de Trabalhadores por Direitos (MTD).

[Read More]

São Paulo (Brasil): Chamado de solidariedade com a comunidade autogerida pelo povo de rua

A okupa do viaduto Alcântara Machado, situado no Brás, em São Paulo, soma quatro anos de luta na contramão do sistema. 

Entre prédios, empreendimentos, ações policiais e perseguições jurídicas, rapa e violência institucional ,o povo de rua daquela região resiste cotidianamente sem auxílio de nenhum dos governos. Nem Kassab, nem Haddad, nem Dória conseguiram de bater de frente.

[Read More]

Salonica (Grécia): Comunicado da Organização Política Anarquista em solidariedade com a okupa Mundo Nuevo

Este comunicado da Organização Política Anarquista, em solidariedade com a okupa Mundo Nuevo, foi publicado em sua página web em sequência a uma publicação em um meio de desinformação digital, através da qual os aparatos repressivos do Estado puseram a okupa no ponto de mira. Esperamos poder difundir logo mais notícias sobre este caso.

Solidariedade com a okupa Mundo Nuevo. Tirem as mãos das okupas [Read More]

Setúbal (Portugal): Comunicado da C.O.S.A. em luta!

Comunicado da C.O.S.A. (Casa Okupada de Setúbal Autogestionada) em luta!

Pedimos desculpa àquelxs que já se questionaram sobre isso devido à nossa falta de comunicação.

Continuando do ponto que fizemos com o último comunicado, o processo judicial que visa o despejo da C.O.S.A. [Casa Ocupada de Setúbal Autogestionada], e ao qual nós decidimos apresentar defesa, teve no dia 28 de Abril uma audiência prévia.

[Read More]

Atenas (Grécia): Nova Okupa no 58 da rua Themistokleous, em Exarchia

20151210_new_squat_in_Themistokleous_Street_58_Exarchia_AthensNa noite de domingo, 10 de Janeiro de 2016, ocupámos o prédio vazio na rua Themistokleous nº 58, em Exarchia, Atenas. A intenção é abrir um lugar onde xs imigrantes – bloqueadxs aqui na Grécia, devido às políticas europeias de imigração- possam viver e se auto-organizar, livres do controle do Estado. Somos um grupo de indivíduos de diferentes lugares e contextos, conectado através da luta contra o Estado, nações, fronteiras, campos de concentração para imigrantes, prisões, capitalismo; eventualmente contra todas as partes deste sistema podre de dominação que nos oprime. Estamos abertos a qualquer um/a que concorde com os nossos princípios básicos e que, sem qualquer agenda política oculta, queira participar no projeto.

Esta Okupa não se destina a ser um serviço público. Não somos “voluntários” e não vemos os imigrantes como vítimas. Um dos desafios deste projecto será o de superar, na prática, a separação que nos foi imposta por fronteiras e cidadania. Esta casa almeja tornar-se num lugar onde as pessoas se organizem e que mutuamente aprendam umas com as outras, independentemente das suas origens. [Read More]

Hamburgo (Alemanha): Semana de agitação e propaganda em solidariedade com os acusados do “Caso Breite Straße”, de 3 a 9 de agosto de 2015

Vamos estilhaçar a lei!

Em 27 de agosto de 2014 uma casa foi okupada na rua Breite em Hamburgo. Quando os policiais chegaram para esvaziar o prédio, eles foram recebidos com uma forte e digna resistência, sendo atacados pelos okupantes com fogos de artifício, tintas, e muitos outros objetos.

A polícia conseguiu entrar na casa, no momento que não havia mais ninguém lá.

Horas mais tarde, seis pessoas foram detidas fora da casa, acusadas de participação em tal ação e ficando em prisão preventiva, conseguindo voltar para as ruas alguns meses depois. [Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): Chamado Internacional de Solidariedade axs Presxs da Copa do Mundo 2014. Os julgamentos começam dia 16 de dezembro.

No dia 12 de julho, na véspera da final da Copa do Mundo, a Polícia do Rio de Janeiro prendeu 19 ativistas, visando desarticular o grande protesto marcado para o dia da final, sob a justificativa de que elxs teriam participado de atos “violentos” nas revoltas do ano passado e de que estariam planejando outras ações na manifestação da final da Copa do Mundo. No total 23 mandados de busca e apreensão e de prisão temporária foram cumpridos contra pessoas acusadas de participar de movimentos sociais, os mandatos eram de 5 dias de prisão preventiva, 4 pessoas conseguiram escapar do sequestro da policia.

[Read More]