Rio de Janeiro (Brasil): 1º ANO DA CASA CULTURAL AUTONOMA FORMIGA PRETA

No dia 19 de dezembro, a Casa Cultural Autonoma Formiga Preta, situada no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, recebe o Festival Complexo para comemorar um ano de existência e resistência. Segue a programação completa:

[Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): “Aqui não existe natal” – Carta de Moa Henry, anarquista vivendo em clandestinidade.

Compartilhamos a carta escrita no natal de 2014 pela militante anarquista Moa Henry, uma das 23 acusadas de suspeita de vandalismo durante a Copa do Mundo. Moa está foragida desde que, após receber liberdade provisória, recebeu um mandato de prisão por estar presente em uma atividade cultural em uma praça pública.

LIBERDADE JÁ!
[Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): Chamado Internacional de Solidariedade axs Presxs da Copa do Mundo 2014. Os julgamentos começam dia 16 de dezembro.

No dia 12 de julho, na véspera da final da Copa do Mundo, a Polícia do Rio de Janeiro prendeu 19 ativistas, visando desarticular o grande protesto marcado para o dia da final, sob a justificativa de que elxs teriam participado de atos “violentos” nas revoltas do ano passado e de que estariam planejando outras ações na manifestação da final da Copa do Mundo. No total 23 mandados de busca e apreensão e de prisão temporária foram cumpridos contra pessoas acusadas de participar de movimentos sociais, os mandatos eram de 5 dias de prisão preventiva, 4 pessoas conseguiram escapar do sequestro da policia.

[Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): O Estado manda prender novamente 4 dxs presxs na final da Copa do Mundo

A Polícia civil (DRCI) executou na manhã dessa quarta feira, 3 de dezembro de 2014, mais prisões às pessoas perseguidas por mobilização política desde junho de 2013 até a copa do mundo de 2014.

Igor Mendes foi preso de manhã em casa E JÁ SE ENCONTRA PRESO NO COMPLEXO PENITENCIÁRIO DE BANGU. A informação até agora é de que outros 3 mandatos foram expedidos para Moa, Gabriel e Sininho, que se encontram foragidxs. Não se sabe o real motivo das prisões. Segundo a mídia burguesa, elxs teriam sido vistos por policiais civis numa manifestação no dia 15 de Outubro, e estariam sendo acusados de descumprir uma das exigências do Habeas Corpus (ação judicial que lhes permite responder ao processo em liberdade), como a interdição de mobilizações políticas e de participação em reuniões públicas. [Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): Chamado internacional para ações de solidariedade axs presxs da Copa

No dia 12 de julho, na véspera da final da Copa do Mundo, a Polícia do Rio de Janeiro prendeu 19 ativistas, sob a justificativa de que elxs teriam participado de atos “violentos” nas revoltas do ano passado e de que estariam planejando outras ações na manifestação da final da Copa do Mundo. No total cerca de 60 mandados de busca e apreensão e de prisão temporária foram expedidos contra pessoas acusadas de participar de movimentos sociais, os mandatos eram de 5 dias de prisão preventiva. Desses 60 mandados, 23 foram cumpridos, e 4 pessoas conseguiram escapar do sequestro da policia. [Read More]

Brasil: A Copa do Mundo que a mídia não mostrou

Desde o início da Copa do Mundo, grande número de liberdades e direitos fundamentais é violado cotidianamente no Brasil, com uma intensidade que não deixa de remeter aos anos sombrios da ditadura militar no país. Esse texto se presta a tentar quebrar o silêncio das mídias nacional e internacional sobre o desrespeito aos direitos humanos em decorrência da realização do mega-evento, colocada em prática pelo governo através da polícia militar em proveito de interesses privados.

[Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): Polícia prende dezenas de ativistas na vespera da final da Copa do Mundo

Neste sábado, 12 julho 2014, véspera da final da Copa do Mundo, em torno de 20 ativistas foram presos no Rio de Janeiro. 60 mandados de busca e apreensão e de prisão temporária foram expedidos contra pessoas acusadas de participar de movimentos sociais. Até agora 20 deles foram cumpridos. Os mandatos são de 5 dias de prisão preventiva. Os ativistas foram levados à Cidade da Policia no Rio de Janeiro, um grande complexo de delegacias criado para centralizar informações e ações da policia. Em seguida elas serão encaminhadas para o complexo penitenciário de Bangu ainda hoje. Há informações de que elas serão levadas para Bangu 8. [Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): Nota de esclarecimento do Coletivo Anti-carcerário Cruz Negra Anarquista – RJ

Comunicado extraído do site do Coletivo Anti-carcerário Cruz Negra Anarquista – Rio de Janeiro: http://cnario.noblogs.org/

Trazemos a público a presente troca de e-mail entre nosso grupo e um outro grupo que se reinvidica CNA (Cruz Negra Anarquista) no Rio de Janeiro. Nosso objetivo ao expor essas mensagens é possibilitar que xs companheirxs tenham acesso a todo debate e possam tirar suas próprias conclusões acerca dos desentendimentos que vêm acontecendo.

O coletivo anti-carcerário Cruz Negra Anarquista do Rio de Janeiro organizou a Info-tour “Contra a Copa do Mundo no Brasil” em abril e maio de 2014 em diversos países da Europa, que foi amplamente divulgada pelo site squat.net (em inglês, em francês, em português – autogestao.org). Essa info-tour tinha por objetivo divulgar os movimentos sociais Contra a Copa do Mundo no Brasil e arrecadar fundos pra caixa do Coletivo Anti-carcerário CNA-RJ em apoio xs presxs dessas revoltas. Mais informações sobre o trabalho do Coletivo Anti-carcerário Cruz Negra Anarquista RJ no site: http://cnario.noblogs.org/

[Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): 18/06 – Ato da greve unificada dos professores contra os mais de 150 processos de exoneração de grevistas e a perseguição politica

Nesta quarta-feira, 18/06, mais uma vez os professores foram às ruas do Rio de Janeiro levar suas reivindicações, e protestar contra os processos de exoneração de mais de 150 professores da rede Estadual por conta da greve. A manifestação começou em frente à ALERJ, onde uma audiência publica para discutir os processos de exoneração estava marcada para este dia. Mais de mil pessoas estavam lá desde às 10h da manhã aguardando a audiência, que não aconteceu porque o funcionamento da ALERJ se encerrou ao meio diqfechou ao meio-dia por causa dos jogos da Copa do Mundo. Não bastasse essa Copa do Mundo ter roubado todos os investimentos que poderiam ser feitos na educação, por exemplo, e só ter trazido efeitos negativos e prejudiciais às população brasileira, ela ainda atrapalhou o andamento do processo da greve dos professores. Não é por acaso que a educação se encontra sucateada e os professores sem nenhuma condição de trabalho, enquanto os governos investem bilhões na Copa do Mundo e na compra de armamentos para fazer a segurança dos turistas. [Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): A abertura da Copa do Mundo foi um dia de luta contra a Copa

No dia 12 de Junho, dia da abertura da copa, a população do Rio de Janeiro foi as ruas para denunciar todas as torturas, os genocídios, as remoções que o estado vem cometendo contra a população pobre do Rio de Janeiro e do território nacional. Os dois atos que ocorreram no dia de hoje serviram para abalar as estruturas dos burgueses que pensam que se sentarão nos seus tronos e assistirão aos jogos achando que a população também ficará calada. [Read More]