Leipzig (Alemanha): nova okupação EWI

leipzig_ewiAs Casas para aqueles que precisam!

Há alguns meses vivemos como centenas de milhares de pessoas que atravessam as fronteiras européias. Milhares já morreraram só esse ano no caminho. Sem rotas de fuga legais e uma mudança profunda para o combate contra as causas de fuga, as pessoas vão continuar arriscando suas vidas na tentativa de uma vida humanamente digna. Dez milhares começaram a ajudar e apoiar os refugiados no caminho ou na chegada deles. Ao mesmo tempo um dos países mais ricos do mundo constrói cidades de tendas e vilas de container. Assim foi criada uma situaçao de ermegênçia artificial. ?Quem gera uma situaçao dessas contribui ativamente para a desumanizaçao dos refugiados e prepara um solo fértil para os incendiarios/as de Direita. Contra às pessoas que falam sobre “A crise do asilo“ e “A exigência excessiva do estado“, nós, que apoiamos os refugiados, queremos mostrar o quê significa agir solidariamente. [Read More]

Hamburgo (Alemanha): Semana de agitação e propaganda em solidariedade com os acusados do “Caso Breite Straße”, de 3 a 9 de agosto de 2015

Vamos estilhaçar a lei!

Em 27 de agosto de 2014 uma casa foi okupada na rua Breite em Hamburgo. Quando os policiais chegaram para esvaziar o prédio, eles foram recebidos com uma forte e digna resistência, sendo atacados pelos okupantes com fogos de artifício, tintas, e muitos outros objetos.

A polícia conseguiu entrar na casa, no momento que não havia mais ninguém lá.

Horas mais tarde, seis pessoas foram detidas fora da casa, acusadas de participação em tal ação e ficando em prisão preventiva, conseguindo voltar para as ruas alguns meses depois. [Read More]

Dortmund (Alemanha): Resumo da Luta em Prol do Centro Social okupado Avanti

Na noite de sexta-feira, ativistas ocuparam a antiga igreja St. Albertus Magnus em Dortmund, que estava sem uso por mais de 7 anos. Apenas alguns minutos após a ocupação o publico em geral já estava ciente e cerca de pessoas chegaram à região e realizarão um encontro em frente à igreja, em solidariedade com o projeto e os okupas. É claro, não demorou muito para que os policiais também chegassem até o local, mas eles não tentaram invadir o prédio somente controlarão as pessoas que estavam fora. No dia seguinte, um sacerdote encarregado dos assuntos da igreja falou com os okupas e afirmou que iria tolerar a ocupação por uma semana. Imediatamente ativistas começaram a formar grupos de trabalho, tentando reformar o prédio para estabelecer um centro social. [Read More]

Hamburgo (Alemanha): Venha para o “Squatting Days 2014” !

De 27 a 31 de agosto 2014, faremos da okupação um tema de debate. Vamos compartilhar juntos nossas experiências, debater, tomar as ruas – e que comece a ação!

As razões para okupar são muitas e diversas: protestar contra o constante aumento dos aluguéis; evitar que se derrubem edifícios; atender a necessidade de estabelecer espaços anticomerciais e autogestionados; construir centros sociais para oferecer oficinas de arte, de bicicletas, de serigrafia, para viver, e um longo etc. [Read More]

Alemanha: Notícias das ruas de Hamburgo em 21 dez 2013

Milhares de pessoas vieram para Hamburgo no dia 21 de dezembro para participar do protesto contra o despejo do squat Rote Flora, pelo direito de permanência para os refugiados e para mostrar solidariedade aos moradores despejados das casas Esso.  Todo mundo sabia que seria um dia caótico, com milhares de ativistas autônomos e milhares de policias, uns contra os outros , em Hamburgo. Ainda assim, tudo correu de forma diferente do que primeiro pensei que seria.

O pré- encontro em frente ao squat Rote Flora estava programado para começar às 02:00 , e a grande manifestação internacional foi marcada para às 3:00. Milhares de pessoas já se encontravam por lá desde o meio-dia . A atmosfera era excelente , as pessoas estavam cheias de entusiasmo e queriam levar o protesto para a rua. Então , finalmente, pouco depois das 03:00, a marcha começou . [Read More]

[Alemanha] Berlin: Squat Rigaer 94. Batida Policial em Varias Okupas

De acordo com o primeiro relatório, houve grandes batidas policiais em oito projetos das casas e apartamentos em Berlim, incluindo o Rigaer 94, nesta manhã (14/8). Os policiais estão à procura de pessoas supostamente responsáveis ??por ataques a vários centros de emprego (“escritórios de bem-estar”), bem como um recente ataque molotov contra a polícia, que estavam realizando uma apreensão de drogas em Kottbusser Tor, durante uma manifestação de solidariedade para a revolta na Turquia.
Em Friedrichshain a polícia enviou uma tropa de choque, junto com tropas especiais da força-tarefa de invadir a casa do projeto Rigaer Straße 94 [cujo prédio da frente já foi invadido por policiais em 02 de agosto]. [Read More]