Salvador (Brasil): Manifesto contra um PDDU racista e higienista

“Negam que aqui tem preto, negão
Negam que aqui tem preconceito de cor
Negam a negritude, essa negação”

Chico Cesar

Nós, Movimentos Organizados em torno da pauta da afirmação do Direito à Cidade, temos acompanhado, desde agosto de 2014, o processo de elaboração do Plano Salvador 500, de revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano – PDDU e da Lei de Ordenamento de Uso e Ocupação do Solo – LOUOS.

Inicialmente gostaríamos de afirmar que este modelo de planejamento urbano não nos representa, funciona na verdade como uma grande “cortina de fumaça” para desviar o foco do que vem, ao arrepio do planejamento, acontecendo na cidade, sob a tutela de duas falsas prerrogativas: a participação popular e a equidade nos parâmetros de investimento.

[Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): “Aqui não existe natal” – Carta de Moa Henry, anarquista vivendo em clandestinidade.

Compartilhamos a carta escrita no natal de 2014 pela militante anarquista Moa Henry, uma das 23 acusadas de suspeita de vandalismo durante a Copa do Mundo. Moa está foragida desde que, após receber liberdade provisória, recebeu um mandato de prisão por estar presente em uma atividade cultural em uma praça pública.

LIBERDADE JÁ!
[Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): Chamado Internacional de Solidariedade axs Presxs da Copa do Mundo 2014. Os julgamentos começam dia 16 de dezembro.

No dia 12 de julho, na véspera da final da Copa do Mundo, a Polícia do Rio de Janeiro prendeu 19 ativistas, visando desarticular o grande protesto marcado para o dia da final, sob a justificativa de que elxs teriam participado de atos “violentos” nas revoltas do ano passado e de que estariam planejando outras ações na manifestação da final da Copa do Mundo. No total 23 mandados de busca e apreensão e de prisão temporária foram cumpridos contra pessoas acusadas de participar de movimentos sociais, os mandatos eram de 5 dias de prisão preventiva, 4 pessoas conseguiram escapar do sequestro da policia.

[Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): O Estado manda prender novamente 4 dxs presxs na final da Copa do Mundo

A Polícia civil (DRCI) executou na manhã dessa quarta feira, 3 de dezembro de 2014, mais prisões às pessoas perseguidas por mobilização política desde junho de 2013 até a copa do mundo de 2014.

Igor Mendes foi preso de manhã em casa E JÁ SE ENCONTRA PRESO NO COMPLEXO PENITENCIÁRIO DE BANGU. A informação até agora é de que outros 3 mandatos foram expedidos para Moa, Gabriel e Sininho, que se encontram foragidxs. Não se sabe o real motivo das prisões. Segundo a mídia burguesa, elxs teriam sido vistos por policiais civis numa manifestação no dia 15 de Outubro, e estariam sendo acusados de descumprir uma das exigências do Habeas Corpus (ação judicial que lhes permite responder ao processo em liberdade), como a interdição de mobilizações políticas e de participação em reuniões públicas. [Read More]

Goiás (Brasil): as 3000 famílias do MST dominam o processo na ocupação Dom Tomás Balduíno

mst.goias_.dom_.tomas_1

Apesar da liminar de despejo, o contexto político favorece a formação de um novo assentamento na fazenda de um senador do Ceará.

Na madrugada do passado domingo, 31 de agosto, 3000 famílias do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) ocuparam a fazenda Santa Mônica, situada entre os municípios de Alexânia, Corumbá e Abadiânia. Trata-se dum dentre os 91 imóveis rurais que o candidato a governador do Ceará, Eunício Oliveira (PMDB), possui no estado de Goiás, 20.000 hectares de pouca produtividade, onde a maior atividade é a produção de gado. [Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): Chamado internacional para ações de solidariedade axs presxs da Copa

No dia 12 de julho, na véspera da final da Copa do Mundo, a Polícia do Rio de Janeiro prendeu 19 ativistas, sob a justificativa de que elxs teriam participado de atos “violentos” nas revoltas do ano passado e de que estariam planejando outras ações na manifestação da final da Copa do Mundo. No total cerca de 60 mandados de busca e apreensão e de prisão temporária foram expedidos contra pessoas acusadas de participar de movimentos sociais, os mandatos eram de 5 dias de prisão preventiva. Desses 60 mandados, 23 foram cumpridos, e 4 pessoas conseguiram escapar do sequestro da policia. [Read More]

Belo Horizonte (MG, Brasil) : Dilma e Aécio irão manchar suas mãos de sangue com o despejo de 8 mil famílias

O Estado de Minas Gerais comunicou oficialmente, no dia 06 de agosto de 2014, que vai despejar 8.000 famílias das ocupações Vitória, Rosa Leão e Esperança, na região do Isidoro, em Belo Horizonte, com o uso de extrema força policial. Tal situação se configura o anúncio de um massacre, pois as famílias não tem para onde ir e estão dispostas a resistir e defender o seu direito à moradia e a sua dignidade. A Polícia Militar de Minas Gerais, por sua vez, dá claras mostras de que agirá com truculência e extrema violência na realização dessa ação, assim como tem agido em manifestações, como ocorreu no dia 24 de Julho, quando a cavalaria atacou o povo com espadadas. [Read More]

Brasil: A Copa do Mundo que a mídia não mostrou

Desde o início da Copa do Mundo, grande número de liberdades e direitos fundamentais é violado cotidianamente no Brasil, com uma intensidade que não deixa de remeter aos anos sombrios da ditadura militar no país. Esse texto se presta a tentar quebrar o silêncio das mídias nacional e internacional sobre o desrespeito aos direitos humanos em decorrência da realização do mega-evento, colocada em prática pelo governo através da polícia militar em proveito de interesses privados.

[Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): Polícia prende dezenas de ativistas na vespera da final da Copa do Mundo

Neste sábado, 12 julho 2014, véspera da final da Copa do Mundo, em torno de 20 ativistas foram presos no Rio de Janeiro. 60 mandados de busca e apreensão e de prisão temporária foram expedidos contra pessoas acusadas de participar de movimentos sociais. Até agora 20 deles foram cumpridos. Os mandatos são de 5 dias de prisão preventiva. Os ativistas foram levados à Cidade da Policia no Rio de Janeiro, um grande complexo de delegacias criado para centralizar informações e ações da policia. Em seguida elas serão encaminhadas para o complexo penitenciário de Bangu ainda hoje. Há informações de que elas serão levadas para Bangu 8. [Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): Nota de esclarecimento do Coletivo Anti-carcerário Cruz Negra Anarquista – RJ

Comunicado extraído do site do Coletivo Anti-carcerário Cruz Negra Anarquista – Rio de Janeiro: http://cnario.noblogs.org/

Trazemos a público a presente troca de e-mail entre nosso grupo e um outro grupo que se reinvidica CNA (Cruz Negra Anarquista) no Rio de Janeiro. Nosso objetivo ao expor essas mensagens é possibilitar que xs companheirxs tenham acesso a todo debate e possam tirar suas próprias conclusões acerca dos desentendimentos que vêm acontecendo.

O coletivo anti-carcerário Cruz Negra Anarquista do Rio de Janeiro organizou a Info-tour “Contra a Copa do Mundo no Brasil” em abril e maio de 2014 em diversos países da Europa, que foi amplamente divulgada pelo site squat.net (em inglês, em francês, em português – autogestao.org). Essa info-tour tinha por objetivo divulgar os movimentos sociais Contra a Copa do Mundo no Brasil e arrecadar fundos pra caixa do Coletivo Anti-carcerário CNA-RJ em apoio xs presxs dessas revoltas. Mais informações sobre o trabalho do Coletivo Anti-carcerário Cruz Negra Anarquista RJ no site: http://cnario.noblogs.org/

[Read More]