França: Comunicado dos organizadores da manifestação anti-aeroporto de 22 de fevereiro, em Nantes

A manifestação de hoje [22 de fevereiro] foi uma mobilização sem precedentes, com 520 tratores vindos de todas as regiões vizinhas, duas vezes mais que na manifestação de 24 de março de 2012 em Nantes. Isso indica um envolvimento massivo da população rural. Os tratores vigilantes estão dispostos a intervir na ZAD [Zona A Defender].

Havia 63 ônibus, vindos de todas as regiões da França – o dobro quando chegou a corrente humana. É um marco de uma mobilização nacional e da conexão entre Notre-Dame-des- Landes e outras lutas contra grandes projetos inúteis e impostos. [Read More]

França: Notre-Dame-des-Landes: Nem obras nem desalojos… Ao aeroporto, seguimos dizendo NÃO!

CHAMADO COMUM DO MOVIMENTO ANTI-AEROPORTO

[Em Notre-Dame-des-Landes, a Oeste da França], o Estado e as pessoas a favor do aeroporto ameaçam de novo com a imposição do projeto pela força. Pretendem iniciar, nos próximos meses, a destruição das espécies protegidas e a construção do aeroporto. Uma nova onda de desalojos poderá chegar. Não os deixaremos agir! Na zona de Notre-Dame-des-Landes, o movimento está ainda mais vivo que no outono de 2012 [quando atacaram para tentar desalojar todos os espaços ocupados], os laços são mais densos, os campos mais cultivados e as cabanas mais numerosas… Mas, além disso, há mais de 200 comitês locais (externos a zona) que foram criados em solidariedade com a luta e com a finalidade de propagá-la em seu próprio entorno. Chamamos a todas as forças anti-aeroporto a unir-se a manifestação de 22 de fevereiro em Nantes, para mostrar-lhes que de nenhum modo podem pôr a mão ao “bocage” [um ecossistema em estrutura de campo fechado]. [Read More]

Notre-Dame-des-Landes (França): Grande laboratório anticapitalista no noroeste

notredamedeslandes

Mais de 1.500 hectares de autogestão

Existe no noroeste da França um pequeno território que escapa, de fato, ao controle da República Francesa. Situa-se a 20 quilômetros ao norte de Nantes, junto à localidade de Notre-Dame-des-Landes. São 1.650 hectares de um típico bosque da Bretanha e é, sem dúvida, um dos maiores centros okupados da Europa. Mais de uma centena de pessoas vivem ali de forma permanente em cabanas fabricadas por eles próprios com tabuas de madeira e galhos. Trata-se da ZAD: para o Estado, Zona de Ordenamento Diferido e para os seus ocupantes Zona A Defender. E é, sem dúvida, um espaço de construção de um sistema alternativo, uma experiência de socialismo real no capitalismo, um lugar onde a propriedade privada, o dinheiro e a autoridade têm pouco cabimento. O que ali habitam tentam impedir a construção de um aeroporto, mas pretendem também lutar contra a sociedade que deseja levar o projeto para diante e as suas consequências, por isso o seu slogan: “Contra o aeroporto e o seu mundo”. [Read More]

Lisboa (Portugal): Crónica do protesto anti-autoritário, solidário com as Ocupas de Grecia, NO TAV e ZAD

No sábado, 26 de Janeiro, entre as 14h 30 e as 18h, foi levado a cabo em Lisboa, um protesto anti-autoritário contra o capitalismo, fascismo e repressão, de solidariedade com os compas na Grécia e em todo o mundo e pela defesa dos espaços libertados. Em particular, no seu comunicado, abordavam-se o ataque frontal do Estado grego contra o movimento anti-autoritário, a repressão política dos activistas contra o TAV (Itália) e da ZAD (Zona A Defender, contra o novo aeroporto dos arredores de Nantes), a repressão dos movimentos indígenas, as repressões violentas de manifestações massivas por toda a Europa (caso da greve geral 14N) e o ataque policial a estudantes do ensino básico com gás lacrimogéneo, dentro de uma escola em Braga (Portugal). Uma chamada à luta, sem fronteiras. [Read More]

Chamada à participar do Dia internacional de denunciação pública contra as violências do estado. Dia 26 de janeiro de 2013 – Onde vocês queiram!

Vítimas de irreversíveis de violências policiais (fraturas, hemorragias internas, resquícios de granada, surdez, olhos cegados…), mais de 120 feridos em dois dias durante a última operação policial e de uma forte repressão política (centenas de detidos e processados, e dois prisioneiros políticos neste momento), alguns ocupantes da ZAD (Zona à Defender contra o projeto do aeroporto de Notre Dame de Landes, no oeste da França, próximo à Nantes) lançam um convite à denunciar publicamente as violências do estado, dia 26 de janeiro em todas as cidades da França e do mundo.
*Veja no final da chamada uma breve apresentação da ZAD (Zona à Defender) e da luta contra o aeroporto Grande-Oeste na França.

Essas violências foram demasiadamente chocantes, mas os ocupantes políticos da ZAD não são evidentemente os únicos à sofrer por culpa da violência do Estado. Violências simbólicas, legais, judicias, policiais, militares, institucionais, falsas acusações, discriminações, humilhações, deportação de imigrantes ilegais, controle de nossas vidas… são alguns exemplos de formas de violência “ordinárias” sofridas pela população. Fazemos um convite então à todas as pessoas que se sentem tocadas por esta situação à denunciar, assim, essas e outras formas de violência do estado.
[Read More]

Notre-Dame-des-Landes (França): Chamada para a reocupação em 17/11 na ZAD, onde a luta contra as forças repressivas ainda está furiosa.

Para os desenvolvedores, o ZAD é apenas uma zona de desenvolvimento diferido “desde há décadas. Para lutadores, esta é uma zona a ser defendida (Zona A Defender). De qualquer maneira, o espaço está localizado no norte do campo de Nantes, na França que deve abrir caminho para os planos industrial, e, particularmente, um aeroporto internacional de Notre-Dame-des-Landes. O projeto mega-especial está nas mãos da multinacional Vinci, que também fornece todo o mundo de outros serviços “, tais como instalações prisionais, estradas com portagem, estações de energia nuclear, e assim por diante. [Read More]

Notre-Dame-des-Landes (França): ZAD, nova onda de represão e desalojos

Solidarite_ZAD

A luta continua contra os planos da construção do aeroporto de Notre-Dame-des-Landes.

A ZAD,localizada a oeste da frança.cerca de 15 kilometros de Nantes,aje como um foco de resistêcia contra a construção de um novo aeroporto.A proposta do aeroporto ja vem a mais de 40 anos e desde então ja teve uma ressietncia local contra. a implamentação do projeto enpreedido pela multinacional Vinci que só trara mais problemas como;prisões,estradas e estações de energia nuclear.Este é um plano de Jean- Marc, AIPO, ex prefeito de Nantis e atual primeiro ministro da França.Em 2009 foi criado um espaço ambiental e desde então casas,campos e e parte da floresta  que estavam faziam foram sendo okupas por pessoas que estão enojadas com este projeto e determinadas em ficar.Mas o que une essas pessoas é a idea de que a luta contra o capitalismo não é uma teoria ,mais sim algo vivido na pratica diaria.

[Publicado em Okupa y Resiste]

Notre-Dame-des-Landes (França): ZAD, Zona a defender, Comunicado Federação Anarquista

A informação que circulava por alguns dias : o governo socialista-ecologista mobilizava tropas de polícias (centenas), retroescavadeiras, para deselojar os ocupantes instalados em torno da zona de planeamento adiada, feitas de bosques, terras agrícolas, destinada para a construção do novo aeroporto internacional de Notre-Dame-des-Landes perto de Nantes, em França.

Se, no momento, só são referidos os ocupantes considerados ilegais pelos tribunais, os procedimentos estão em curso para expulsar os proprietários, os locatários e agricultores da área em questão.Este lugar foi renomeado Zona a Defender (ZAD) por os resistentes oposto ao desenvolvimento capitalista do território, a um projecto ruinoso que não responde às necessidades da população, mas as ambições políticas e financeiras, destruído ambiente ecológico. Há 40 anos que este projeto existe e que as primeiras expropriações começaram. [Read More]

Notre-Dame-des-Landes (Nantes, França): APELO A ACÇÕES SOLDÁRIAS

Neste Outono de 2012, a oposição ao projecto do aeroporto de
Notre-Dame-des-Landes [Nantes, França] entra numa fase delicada. O eco que ela conseguiu ter noutros sítios para além da zona directamente afectada vai ser determinante para o futuro desta luta.

Criar uma zona de desenvolvimento diferido (zone d’aménagement différé, ZAD), estabelecer prioridade de compra, comprar, destruir umas quantas casas, encenar uma burla sob forma de um dispositivo democrático, certificar o projecto como sendo “de utilidade pública” antes de começar os primeiros trabalhos de sondagem. Tudo isso está feito. [Read More]

Notre Dame des Landes (França): Aumento do risco dos despejos na ZAD, perto de Nantes

Várias fontes sugerem que o despejo é iminente. Ouvimos que ha uma primeira onda de expulsões preparada para este terca-feira 16 de outubro, na madrugada. Tivemos informações específicas, tais como a acomodação das tropas mobilizadas, o caminho planejado para alcançar a área e a força envolvida, 500 policiais militares (CRS). Esta primeira vaga deve cobrir as casas que ja passaram pelo tribunal e as cabanas. Uma segunda onda esta planejada para cerca de 10 dias depois, desta vez em relação as cabanas nas arvores e três casas. [Read More]