Rio de Janeiro (Brasil): Chamado Internacional de Solidariedade axs Presxs da Copa do Mundo 2014. Os julgamentos começam dia 16 de dezembro.

solywolrdcup

No dia 12 de julho, na véspera da final da Copa do Mundo, a Polícia do Rio de Janeiro prendeu 19 ativistas, visando desarticular o grande protesto marcado para o dia da final, sob a justificativa de que elxs teriam participado de atos “violentos” nas revoltas do ano passado e de que estariam planejando outras ações na manifestação da final da Copa do Mundo. No total 23 mandados de busca e apreensão e de prisão temporária foram cumpridos contra pessoas acusadas de participar de movimentos sociais, os mandatos eram de 5 dias de prisão preventiva, 4 pessoas conseguiram escapar do sequestro da policia.

[Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): O Estado manda prender novamente 4 dxs presxs na final da Copa do Mundo

cnafinal1

A Polícia civil (DRCI) executou na manhã dessa quarta feira, 3 de dezembro de 2014, mais prisões às pessoas perseguidas por mobilização política desde junho de 2013 até a copa do mundo de 2014.

Igor Mendes foi preso de manhã em casa E JÁ SE ENCONTRA PRESO NO COMPLEXO PENITENCIÁRIO DE BANGU. A informação até agora é de que outros 3 mandatos foram expedidos para Moa, Gabriel e Sininho, que se encontram foragidxs. Não se sabe o real motivo das prisões. Segundo a mídia burguesa, elxs teriam sido vistos por policiais civis numa manifestação no dia 15 de Outubro, e estariam sendo acusados de descumprir uma das exigências do Habeas Corpus (ação judicial que lhes permite responder ao processo em liberdade), como a interdição de mobilizações políticas e de participação em reuniões públicas. [Read More]

Barcelona (Espanha): Manifesto do Ateneu l’Entrebanc

http://pt.squat.net/wp-content/uploads/pt/2014/09/lentrebanc43-680x36510.jpgEm Barcelona continua a okupação de antigas dependências bancárias e a sua transformação em Centros Sociais e em Ateneus, profundamente ligados à vida dos bairros. Neste momento são já oito os bancos transformados em espaços alternativos e é um movimento que tem tudo para continuar. Para dar um pouco do ambiente que se vive em Barcelona traduzimos o Manifesto de um destes espaços alternativos  – o Ateneu l’Entrebanc. Para quando experiências destas a germinarem nas principais cidades portuguesas?

[Read More]

Dortmund (Alemanha): Resumo da Luta em Prol do Centro Social okupado Avanti

Avanti1

Na noite de sexta-feira, ativistas ocuparam a antiga igreja St. Albertus Magnus em Dortmund, que estava sem uso por mais de 7 anos. Apenas alguns minutos após a ocupação o publico em geral já estava ciente e cerca de pessoas chegaram à região e realizarão um encontro em frente à igreja, em solidariedade com o projeto e os okupas. É claro, não demorou muito para que os policiais também chegassem até o local, mas eles não tentaram invadir o prédio somente controlarão as pessoas que estavam fora. No dia seguinte, um sacerdote encarregado dos assuntos da igreja falou com os okupas e afirmou que iria tolerar a ocupação por uma semana. Imediatamente ativistas começaram a formar grupos de trabalho, tentando reformar o prédio para estabelecer um centro social. [Read More]

Kharkiv (Ucrânia): Neonazistas e Forças Policiais Atacam Okupação

2014-09_Kharkiv_harkvskvot

Ucrânia e Grécia, uma coalizão: Nazistas e polícia!

No domingo (31/08/2014) à noite um bando de neonazistas atacaram o Centro Social Cultural Okupado “Автономія” (Autonomia) em Kharkiv, que oferece ajuda aos refugiados e migrantes das regiões devastadas pela guerra no Leste da Ucrânia. Ativistas e moradores da okupação repeliram o ataque nazista assim como os dois anteriores que tinham acontecido contra a okupação. O simples fato que sucedam os ataques contra um espaço autogestionado que foi criado pelos anarquistas da “Автономна Спілка Трудящих” (União de Trabalhadores Autônomos) e de outras iniciativas locais em um prédio abandonado e em ruínas desperta uma grande preocupação. [Read More]

Goiás (Brasil): as 3000 famílias do MST dominam o processo na ocupação Dom Tomás Balduíno

mst.goias_.dom_.tomas_1

Apesar da liminar de despejo, o contexto político favorece a formação de um novo assentamento na fazenda de um senador do Ceará.

Na madrugada do passado domingo, 31 de agosto, 3000 famílias do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) ocuparam a fazenda Santa Mônica, situada entre os municípios de Alexânia, Corumbá e Abadiânia. Trata-se dum dentre os 91 imóveis rurais que o candidato a governador do Ceará, Eunício Oliveira (PMDB), possui no estado de Goiás, 20.000 hectares de pouca produtividade, onde a maior atividade é a produção de gado. [Read More]

Testet (França): A floresta de Tarn começa a ser cortada para a construção de uma barragem, após um ano de resistência no local.

Testet_barrage_Sivens

A floresta de Tarn começa a ser cortada para a construção de uma barragem, após um ano de resistência no local. As defensoras e defensores da floresta pedem apoio urgente.

Ontem, dia 1 de setembro, a floresta de Tarn começou a ser cortada para a construção da barragem de Sivens. Desde outubro de 2013, uma parte da área ameaçada de destruição foi ocupada por pessoas que são contra o projeto. As moradoras e moradores, que ocuparam o local para proteger a floresta, chamam a área de ZAD do Testet (Zona à Defender do Testet)*.

A empresa que vai realizar as obras de destruição da floresta chegou ontem ao local para começar a cortar as árvores. Muitas pessoas se juntaram às moradoras da área para resistir ao começo das obras. As máquinas e as empregadas e empregados só puderam chegar ao local porque foram escoltadas por um grande aparato policial. As manifestantes tentaram impedir que as árvores começassem a ser cortadas, permanecendo no local. A polícia reprimiu violentamente com gás lacrimogêneo e balas de borracha. Desde o começo da ocupação ZAD do Testet houveram vários confrontos com a polícia, mas a repressão de ontem foi a mais violenta, como afirmam as resistentes no local. [Read More]

Rio de Janeiro (Brasil): Chamado internacional para ações de solidariedade axs presxs da Copa

2014-08_RioDeJaneiro_semanadesolidariedade

No dia 12 de julho, na véspera da final da Copa do Mundo, a Polícia do Rio de Janeiro prendeu 19 ativistas, sob a justificativa de que elxs teriam participado de atos “violentos” nas revoltas do ano passado e de que estariam planejando outras ações na manifestação da final da Copa do Mundo. No total cerca de 60 mandados de busca e apreensão e de prisão temporária foram expedidos contra pessoas acusadas de participar de movimentos sociais, os mandatos eram de 5 dias de prisão preventiva. Desses 60 mandados, 23 foram cumpridos, e 4 pessoas conseguiram escapar do sequestro da policia. [Read More]

Belo Horizonte (MG, Brasil) : Dilma e Aécio irão manchar suas mãos de sangue com o despejo de 8 mil famílias

10485280_307056639476620_8223722011072047929_n1

O Estado de Minas Gerais comunicou oficialmente, no dia 06 de agosto de 2014, que vai despejar 8.000 famílias das ocupações Vitória, Rosa Leão e Esperança, na região do Isidoro, em Belo Horizonte, com o uso de extrema força policial. Tal situação se configura o anúncio de um massacre, pois as famílias não tem para onde ir e estão dispostas a resistir e defender o seu direito à moradia e a sua dignidade. A Polícia Militar de Minas Gerais, por sua vez, dá claras mostras de que agirá com truculência e extrema violência na realização dessa ação, assim como tem agido em manifestações, como ocorreu no dia 24 de Julho, quando a cavalaria atacou o povo com espadadas. [Read More]

Hamburgo (Alemanha): Venha para o “Squatting Days 2014” !

2014-08_Hamburg_SquattingDays_Logo

De 27 a 31 de agosto 2014, faremos da okupação um tema de debate. Vamos compartilhar juntos nossas experiências, debater, tomar as ruas – e que comece a ação!

As razões para okupar são muitas e diversas: protestar contra o constante aumento dos aluguéis; evitar que se derrubem edifícios; atender a necessidade de estabelecer espaços anticomerciais e autogestionados; construir centros sociais para oferecer oficinas de arte, de bicicletas, de serigrafia, para viver, e um longo etc. [Read More]