Manaus (AM-Brasil): 250 barracos são demolidos após reintegração de posse

No início deste mês, um efetivo de 116 policiais militares, 5 Bombeiros Militares, 2 Oficiais de Justiça realizaram o despejo de uma ocupação no bairro do João Paulo, na Zona Leste de Manaus. Cerca de 250 barracos que tinham sido construídos por famílias sem-teto há cerca de um mês foram demolidas.

[Read More]

Junqueiro (AL-Brasil): Despejo de 20 famílias que ocupavam uma fazenda

Na semana passada, dia 03 de outubro, 20 famílias integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) que ocupavam a Fazenda Santa Terezinha, localizada no município de Junqueiro foram removidas por oficiais de justiça.

Segundo a Sentença da Justiça, a área séria propriedade du grupo Industrial Porto Rico, produtor de Etanol e Açucar, e que possui uma área de cerca de 27 mil hectares na região.
As famílias estavam no local desde o início de agosto e foram levadas a um assentamento próximo.

[Read More]

São Paulo (Brasil): 120 famílias são desalojadas na Zona Leste

Na última terça-feira, dia 03 de outubro, 120 famílias foram desalojadas de um terreno ocupado há cerca de três anos – batizado Ocupação Leopoldina – na estrada do Iguatemi, na região do Itaquera, Zona Leste de São Paulo. Xs ocupantes tentaram resistir à reintegração de posse. Elxs utilizaram um ônibus para interditar a Avenida Ragueb Chohfi e fizeram barricadas de fogo na estrada do Iguatemi e nas ruas que dão acesso à comunidade.

[Read More]

Setúbal (Portugal): 13-15 outubro, 17º Aniversário da C.O.S.A.

A 13 de Outubro do ano 2000, um grupo de jovens setubalenses decidiu tomar nas suas mãos a gestão de um espaço comunitário apartidário, aberto à expressão e acção livre, sem controlo externo, sem lucro, sem autoridade…
Okuparam um espaço abandonado transformando a apatia e o vazio em sonhos e experiências de liberdade, autonomia e auto-gestão.
Passaram 17 anos com largas dezenas de concertos, atliers, debates, exposições, todo o convívio, partilhas de conhecimentos e auto-aprendizagem, a intervenção política e social…
Passaram os vários políticos, comandantes das forças policiais, governadores civis, os processos judiciais, a repressão policial e as difamações nos jornais, passou tudo isto e a Casa Okupada resiste.
Passaram 17 anos e nem a polícia, nem os tribunais poderão apagar este capítulo da história insubmissa e rebelde setubalense.
São diversos os exemplos de Lutas daquelxs que deixaram de esperar milagres e tomaram o controlo das suas vidas nas suas próprias mãos, inspirando-nos mutuamente, e reinventando a capacidade de imaginarmos e criarmos colectivamente uma terra livre, solidária e combativa.

ESTES 17 ANOS JÁ NINGUÉM NOS TIRA! [Read More]

Vitória (ES-Brasil): Ocupar tudo que está abandonado

Nos últimos meses, diversas ocupações foram realizadas na Grande Vitória. Dentro destas, os Edificios Sagres e Santa Cecília, ambos no centro da cidade, foram ocupados no último mês de julho por dezenas de fámilias. Nas últimas semanas, membrxs e apoiadorxs de ocupações urbanas decidiram formar o Coletivo Resistência Urbana e lançaram o seguinte comunicado:

[Read More]

São Paulo (Brasil): Guaranis ocupam Parque Estadual e desligam antenas para defender suas terras

A partir da madrugada da quarta-feira 13 de setembro, índios guarani ocuparam o Parque Estadual do Jaraguá, na zona noroeste de São Paulo, contra a Portaria 683 do Ministério da Justiça, que prevê anular parte da demarcação da terra indígena (TI) do Jaraguá, também situada na zona norte da capital paulista.

Na sexta-feira, o grupo indígena desligou antenas que transmitem sinais de telefonia celular e televisão do Pico no Jaraguá, ponto mais alto de São Paulo. São três equipamentos de antenas de transmissão. Uma que transmite sinais de celular e TV, e outras duas utilizadas pelo Exército e pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

[Read More]

Lisboa (Portugal): Prédio é ocupado na região central da cidade

O número 69 da Rua Marques da Silva encontra-se ocupado.

A acção parte da iniciativa de um grupo de pessoas, sem qualquer filiação institucional, unidas pela vontade de dar vida a um imóvel abandonado.

Nos últimos anos, o direito a habitar na cidade de Lisboa tem sido alvo de diversos ataques. Num cenário de crise económico-financeira e de austeridade, a alteração da lei das rendas por parte do anterior governo veio permitir novas oportunidades de negócio a fundos de investimento e demais entidades especuladoras.
[Read More]

São Paulo (Brasil): Ocupação Mauá ameaçada de despejo

Localizada há mais de 10 anos na região da Luz, centro de São Paulo, a Ocupação Mauá está na linha de frente do projeto higienista do Prefeito João Dória.

A reintegração de posse da Ocupação está marcada para o dia 22/10, todo apoio é necessário!

[Read More]

São Bernardo do Campo (SP-Brasil): Milhares ocupam um terreno e resistem a ordem de despejo

No início deste mês, cerca de 500 pessoas ocuparam um terreno privado em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, com o apoio do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Tetos). A área, que fica no bairro Planato, estava abandonada há mais de 40 anos. Depois de 11 dias no terreno, a ocupação já conta esta semana com cerca de 6 mil moradores e moradoras.

[Read More]

Belo Horizonte (MG-Brasil): Nascem duas novas ocupações na região central da cidade

Na semana passada, duas novas ocupações de moradia foram realizadas na cidade de Belo Horizonte. No dia 06 de setembro, cerca de 200 famílias ocuparam um prédio abandonado há mais de cinco anos na avenida Afonso Pena, no centro da cidade, com o apoio do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB). Na manhã do dia seguinte, 70 famílias ocuparam um prédio na rua Pedro Lessa, perto da Vila Pedreira Prado Lopes, na região central da cidade, desta vez com o apoio do Movimento de Trabalhadores por Direitos (MTD).

[Read More]